Marisa Letícia, a ex-primeira-dama, sofre AVC

É uma fatalidade, todos podemos nos deparar com isto, ou por experiência própria, ou por experiência na família.

Marisa Letícia, a ex-primeira-dama sofre AVC e é alvo de críticas absurdas
Marisa Letícia, a ex-primeira-dama sofre AVC

Mas a notícia foi dada:

A ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi submetida a nova avaliação para controle de sangramento cerebral, segundo boletim médico do Hospital Sírio Libanês divulgado por volta das 10h30 desta quarta-feira (25). Ela continua em coma induzido e respirando com ajuda de aparelhos.

“A paciente Marisa Letícia Lula da Silva segue internada sob cuidados intensivos no Hospital Sírio-Libanês. Nas últimas horas, foi submetida a nova avaliação tomográfica de crânio para controle de sangramento cerebral”, diz o boletim.

“Após avaliação das equipes médicas foi realizada a passagem de um cateter ventricular para monitoração da pressão intracraniana.” (site de notícias UOL.)

A notícia em si não é importante para a vida do cidadão brasileiro, embora seja uma notícia séria.

O mais grave são os comentários idiotas que tem surgido de pessoas cuja que desejam o mal, e não nutrem o sentimento patriótico por justiça.

O que mais me impressiona em tudo isto é que para cada comentário idiota há uma legião de curtidas! É o milagre da multiplicação das curtidas para a bestialidade.

Sabemos que a internet é o meio mais fácil de alguém que nunca conseguiu dar opinião em casa, na escola ou na rua, e agora ter a liberdade de falar as atrocidades que vier à cabeça.

Um indivíduo que teria uma opinião pífia caso manifestasse verbalmente, ganha seguidores no ambiente virtual.

É interessante que este tipo de comentários desagradáveis, deprimentes, com finalidade vexatória e difamatória raramente ouço pessoalmente, mas em rede é comum esse tipo de aberração.

Desejar a morte de alguém chega a ser doentio se você é está em casa, sentado tranquilamente em frente ao computador ou segurando um Smartphone simplesmente para fazer este tipo de comentários.

No calor do momento é até compreensível que alguém manifeste de forma violenta e na defensiva, mas na tranquilidade de uma cadeira, é algo a se refletir para este 2017 que será um pesadelo em termos de direito e de política.